psicose

psicose

sábado, 4 de janeiro de 2014

Alguns filmes de terror que se destacaram em 2013

Alguns filmes de terror que se destacaram em 2013























O ano de 2013 chegou ao fim e chegou também a hora de relembrar os filmes que foram destaque nesse ano que passou. 2013 foi recheado de filmes do gênero terror e suspense, pra quem curte, gosta ou ama (como nós) do gênero, o ano foi um prato cheio. Aqui vai uma lista de alguns filmes de terror e também alguns de suspense que deixaram sua marca em 2013:


                                           V/H/S 2 (2013)

V/H/S um dos filmes mais elogiados de 2012 acaba de ganhar uma continuação, seguindo o mesmo esquema do primeiro filme; uma coletânea de curtas de terror simultâneas sem relação um com o outro e cada um dirigido por um diretor diferente e com temas variados, com o foco no terror gravado no estilo found footage. Não só é uma das melhores continuações já feitas como um dos melhores dos últimos anos e um dos destaques de 2013. Um filme insano, criativo e ousado.
Sinopse:
A história segue à risca o original, tendo como cenário uma casa abandonada onde dois investigadores particulares procurando por um estudante desaparecido, encontram outra coleção de fitas VHS misteriosas. Ao assistir os conteúdos tenebrosos de cada videocassete  repletos de sangue, violência, nudez, sadismo e criaturas monstruosas , eles percebem que pode haver motivos terríveis por trás do desaparecimento do rapaz.  
Ficha Técnica:
Direção: Simon Barrett, Jason Eisener, Gareth Evans. Gregg Hale, Eduardo Sánchez, Timo Tjahjanto, Adam Wingard
Gênero: Terror/Suspense
Duração: 96 min
Origem: EUA/Canadá/ Indonésia            
Elenco: Kelsy Abbott, Hannah Al Rashid, Fachry Albar 


Invocação do Mal


 

James Wan ("Jogos Mortais" e "Gritos Mortais") acertou mais uma vez, e mostrou o potencial que tem em dirigir filmes do gênero. O filme não inova em nada, mas se destaca pelo clima criado e bem trabalhado e a boa escalação de elenco. Baseado em uma história real, o longa se passa em uma casa mal-assombrada, para onde uma família liderada por Lili Taylor e Ron Livingston se muda. Quando fica claro que uma entidade obscura os está perseguindo, eles chamam os investigadores paranormais Ed e Lorraine (Patrick Wilson e Vera Farmiga) para ajudar.


Open Grave


Nos 2 minutos do segundo tempo mais um gol certeiro, Open Grave, o filme que ninguém esperava, ninguém criou expectativas e ninguém sabia que seria lançado, nem que seria um dos melhores do ano. Roteiro bem trabalhado e direção afinada do diretor de Apollo 18, que se redimiu totalmente com esse filme. No enredo, um homem sem memória acorda em uma cova cheia de corpos em decomposição. Resgatado por outro grupo de desmemoriados, ele precisará descobrir como chegou lá e se ele é o responsável pelo destino daqueles cadáveres.


A Morte do Demônio













Evil Dead se destacou e muito em 2013, e se mostrou um ser bom remake. Não tentaram copiar o clássico, só pegaram a ideia principal e usaram para criar um filme com um tom e estilo diferentes. Alguns até comentaram que o filme era uma continuação ou um reboot e não um remake. O trio de produtores do filme original, Sam Raimi, Rob Talbert e Bruce Campbell produziram o filme, com a direção de Fede Alvarez. 
SOBRE "A MORTE DO DEMÔNIO":http://terrorpsicose.blogspot.com.br/2013/01/evil-dead-2013.html 


Maniaco













A refilmagem de O Maniaco é outro bom exemplo de filme que se destacou por conta própria. Assim como a refilmagem de The Evil Dead, foi comentado que o tal remake não sairia algo no nível do original de 1980, um filme sujo, feito com baixo orçamento e atores desconhecidos, mais uma surpresa que saiu esse ano. O filme usa uma abordagem diferente do original, colocando o expectador na mente do assassino, com a visão subjetiva em primeira pessoa. Vemos o filme todo do ponto de vista do assassino, que persegue e mata mulheres. Elijah Wood já tinha interpretado um assassino em Sin City, mas é aqui que ele se destaca. Obs: O filme foi lançado em festivais em 2012 e em circuito comercial esse ano, por isso entra na lista de 2013.


 Uma Noite de Crime




Imagine se em 364 dias do ano ninguém cometesse crimes. Mas o governo liberasse uma noite de crimes, assassinato, roubo, sem punição. É a noite do expurgo. O filme mostra o drama de uma família tentando sobreviver a essa noite, e faz uma crítica muito bacana a sociedade e diferenças entre classes. O filme é um suspense com uma pontinha de terror e vale muito a pena.

Mama

Jessica Chastain viveu uma mãe adotiva aterrorizada pelas filhas recém-chegadas. As meninas foram vítimas de uma tragédia familiar e passaram anos sozinhas numa casa abandonada, sob os cuidados de um espírito maternal, antes de serem encontradas pelo tio e sua namorada (Chastain). O filme foi inspirado no curta-metragem do diretor estreante Andrés Muschietti, e ganhou produção de Guillermo Del Toro ("O Labirinto do Fauno"). Mama merece destaque pela coragem com que aborda alguns assuntos e por revelar um cineasta bastante promissor.

Mar Negro - Horror Nacional


Chamá-lo de apenas um “filme de zumbis” seria uma injustiça, já que os 105 minutos de metragem guardam inúmeras bizarrices!
Mar Negro
Título Original: Mar Negro
Ano: 2013 • País: BRASIL
Direção: Rodrigo Aragão
Roteiro: Rodrigo Aragão
Produção: Hermann Pidner
Elenco: Mayra Alarcón, Carol Aragão, Kika de Oliveira, Walderrama Dos Santos, Tiago Ferri, Gurcius Gewdner, Cristian Verardi, Mariana Zani 


Sobrenatural: Capítulo 2








James Wan acertou em cheio com dois filmes esse ano, além do Invocação do Mal, o diretor criou uma continuação para o seu, não tão elogiado, porém ótimo, Insidious. A continuação expandiu o que foi criado no primeiro, a construção de suspense e clima sombrio funciona até mais do que o primeiro e acrescenta muita coisa ao enredo do primeiro filme. 


O Massacre da Serra Elétrica 3D - A Lenda Continua

O Massacre da Serra Elétrica 3D – A Lenda Continua (Texas Chainsaw 3D): O Massacre da Serra Elétrica é um dos maiores clássicos do horror de todos os tempos. Fã da obra original de Tobe Hopper produzida na década de 1970, eu sempre fico esperançoso quando ouço falar em uma sequência para a franquia, mas essa aqui, sinceramente, não consigo ver como sequência do primeiro, se é isso que os produtores querem passar para os espectadores, porém, não posso deixar de destacar um filme da franquia "O Massacre da Serra Elétrica". Afinal, quem não quer ver um cara com uma mascara de pele humana matando pessoas com sua serra? rs.
No longa de John Luessenhop, uma jovem recebe herança de avó que ela nunca soube da existência. O filme de horror teve exibição em 3D.


Silent Hill: Revelação 3D


O filme dirigido por Michael J. Basset tem Adelaide Clemens, Kit Harrington, Carrie-Anne Moss, Sean Bean, Malcom McDowell no elenco. Após o desaparecimento de seu pai, Heather Mason descobre uma terrível realidade alternativa, relacionada aos pesadelos que a torturam desde a infância. Apesar de ser bem inferior ao primeiro, esse aqui apresenta alguns personagens memoráveis e alguns momentos de tensão no filme.

Guerra Mundial Z

O longa adapta Guerra Mundial Z, livro do autor Max Brooks(Guia de Sobrevivência a Zumbis) que acompanha um oficial das Nações Unidas (Brad Pitt no filme) e seu relato de uma guerra contra uma legião de humanos contaminados, que morreram e ressuscitaram na forma de zumbis.
Pode não ser o melhor filme de zumbis de todos os tempos, mas pelo menos tenta trazer ao desgastado gênero alguma novidade, não só no formato mas também nas interpretações (superpopulação, aquecimento global etc.)


Os escolhidos
Uma família comum começa a perceber fenômenos estranhos envolvendo sua casa e seu filho. Aos poucos, eles percebem que se tornaram alvo de algo incompreensível – que não é deste mundo.

A Maldição de Chucky - 2013


 
Quase dez anos depois do vergonhoso O Filho de Chucky (Seed of Chucky, 2004), a franquia Brinquedo Assassino é retomada com o lançamento de A Maldição de Chucky (Curse of Chucky, 2013) , que chegou às lojas nos EUA na semana passada. Porém, diferente do que aconteceu com outros clássicos de terror dos anos 80 como Sexta-Feira 13A Hora do PesadeloO Massacre da Serra ElétricaA Hora do Espanto e Uma Noite Alucinante, o boneco que ganha vida ao ser possuído pelo espírito de um serial killer não teve um reboot, mas continua aonde o anterior parou.
Nica está de luto após o terrível suicídio de sua mãe, quando sua dominadora irmã Barb chega com sua família para resolver as pendências da mãe. Enquanto as irmãs discutem sobre o futuro de Nica, a filha de Barb se distrai com um boneco falante de cabelos vermelhos chamado Chucky, que chegou pelo correio misteriosamente. Mas, quando assassinatos brutais começam a aterrorizar a casa, Nica suspeita que o boneco tenha algo a ver com o banho de sangue. O que ela não sabe é que Chucky tem uma meta a cumprir. Ele está determinado a terminar o trabalho que começou há mais de vinte anos, e desta vez chegará a um final sangrento e chocante. 
Longe de ser um filme genial, ao menos A Maldição de Chucky não faz feio e tem o mérito de resgatar a franquia da lama em que ela foi jogada.


Carrie - A Estranha
(Carrie, 2013) 


A refilmagem de 2013 da diretora Kimberly Peirce(Meninos não Choram), estrelado por Chloë Grace Moretz, não foge do material original: durante o baile de formatura do colegial, Carrie ignora os conselhos de sua mãe carola e descobre da pior maneira que tornar-se mulher não é fácil. A trama é a mesma, incluindo as falas consagradas ("vivemos num tempo sem Deus", "para o Diabo com a modéstia"), até os gemidos de dor/prazer da mãe são os mesmos, mas o entendimento que o remake faz do poder (e do sexo) é bem distinto do filme de De Palma. 
É muito difícil assistir à nova versão de Carrie – A Estranha sem ter em mente o ótimo filme original, dirigido por Brian De Palma. A desconfiança de nós, cinéfilos é compreensível, afinal, a diretora Kimberly Peirce basicamente oferece um produto novo a um consumidor que está muito satisfeito com o original, mas vale a pena conferir as atuações de Chloe Moretz e Julianne Moore. 





Espero que tenham gostado dos filmes escolhidos e me desculpem se deixei algum filme bom de fora, foram apenas alguns destaques, é claro que teve mais filmes bons, porém, tentei ser o mais justo possível ao fazer esta seleção.
Agradeço a todos por mais um ano fantástico de muito terror, e que 2014 seja tão recheado de filmes de terror como foi 2013.
Um grande abraço e FELIZ 2014!!


Att.,

Roberto.



Nenhum comentário:

Postar um comentário